OUTUBRO ROSA

Homens e mulheres.

Ambos vestindo rosa.

Apoiando uma causa, responsável por 25% dos casos de câncer em mulheres no mundo.

 

por: Mariana Tedesco Hufnagel, aluna do 3a série do E.M.

 Exame: Mamografia. Diagnóstico: Câncer de Mama. Precoce ou não. Carcinomas in situ. Carcinomas invasivos. Homens. Mulheres. Nódulos. Choro. Pele da mama avermelhada. Trauma. Saída espontânea de líquido dos mamilos. Tristeza.  “Metastatizar” para a axila. Tratamento. Vontade de desistir. Retirada da mama. Hormonioterápicos. Tumorectomias. Quadrantectomias. Radioterapia. Quimioterapia. Silicones. Reconstrução. Cirurgias plásticas. Final do Tratamento. Viver ou Morrer.

Criado em 1990, a Campanha do Outubro Rosa teve suas primeiras iniciativas nos Estados Unidos. Corridas conscientizadoras e distribuições de laços cor-de-rosa, criados pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, para cada participante, deram as boas vindas a essa iniciativa e transformando o laço em símbolo da campanha de conscientização.

O embelezamento das cidades em tons de rosa vem se revelando em diferentes lugares como: monumentos, pontes, prédios e estátuas. E não poderia ser de outra maneira no Brasil. Em 2002, algumas apoiadoras da iniciativa do Outubro Rosa, em colaboração com uma empresa de cosméticos europeia, conseguiram iluminar o Obelisco do Ibirapuera. Em 2008, ações abraçando esse movimento começaram a se espalhar pelo Brasil. No mesmo ano, vários monumentos famosos, como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, começaram a se “tonalizar” de rosa.

No Brasil, 28,1% de novos casos esperados de câncer por ano, entre as mulheres, é o câncer de mama, perdendo apenas para o câncer de pele não melanoma..

Apesar do mês ser intitulado “Outubro Rosa”, indivíduos do sexo masculino, também, podem ser afetados, e muitos devem se perguntar, por que não há muitas citações de homens acometidos pelo câncer de mama? A resposta é simples. Os hormônios atuantes no corpo feminino (estrogênio e progesterona), desde a primeira menstruação até a menopausa, estimulam as células mamárias normais e o crescimento das células mamárias alteradas. Os homens apresentam baixa concentração de estrogênio, por isso os tumores de mama são raros nas pessoas do sexo masculino, totalizando apenas 1% dos casos diagnosticados. Normalmente, nos homens o tumor é descoberto entre o 2º e o 3º estágio, atingindo aproximadamente o diâmetro de 5cm.

A cura do câncer de mama chega a ser um processo pesado de acordo com o estágio do câncer. Os tratamentos podem incluir: quimioterapia (uso de medicamentos para matar as células malignas), radioterapia (radiação), hormonoterapia (medicação que bloqueia a ação dos hormônios femininos) e cirurgia, que pode incluir a remoção do tumor (tumorectomias) ou mastectomia (retirada completa da mama). Com o tratamento, as mulheres esquecem totalmente da sua beleza, e pensando nisso, em 2016, o Icesp (Instituto do Câncer de São Paulo Octavio Frias de Oliveira) promoveu um dia de SPA dedicado a apenas a essas mulheres batalhadoras, onde elas podiam fazer as unhas, maquiagem e visagismo (técnica que harmoniza a expressão facial com aplicação de henna nas sobrancelhas). O coordenador do hospital, Marcelo Cândido, comentou, Durante o tratamento, essas mulheres muitas vezes precisam aprender a redescobrir sua beleza. Essa é uma oportunidade de promover a elas um reencontro com a própria identidade e até mesmo de despertar o resgate de sua autoestima".

A recomendação para detectar esse tipo de câncer é o autoexame. Ele é rápido, fácil e indolor, sendo que a partir dos 20 anos, 90% dos tumores são detectados a partir desse método. O processo insiste em apalpar a mama e procurar por algo anormal, como nódulos, retrações da pele e do bico do peito e até secreções mamilares existentes. Esse processo tem que ser feito a cada mês, na semana seguinte ao término da menstruação e pode salvar a sua vida. Então se sentir uma dor “precocemente”, procure um oncologista e faça uma mamografia.

 

You're not alone

Together we stand

I'll be by your side

You know I'll take your hand

Você não está sozinho

Juntos nós permaneceremos

Eu estarei ao seu lado

Você sabe que segurarei sua mão”

(Trecho da música ‘Keep Holding On’, da cantora Avril Lavigne)